Pular para o conteúdo principal

Cidadania | Entendendo as Boas Ações.



  Elas são vistas como Ações Solidárias, mas nem sempre esta é a verdade. Quando uma ação, seja ela solidária ou não, tem um preço a ser pago, o conceito de solidariedade muda completamente e passa a não caber nesta ação. Na solidariedade, assim como no amor, não há condicionais e qualquer condição imposta para que ela seja exercida, jamais deve entender-se isso como solidário. Para entendermos melhor como muitas ações são consideradas "solidárias" e de fato não são, basta observarmos as ações políticas que prega em seu slogan "Pátria Solidária" e não consegue cumprir suas obrigações sociais. A divulgações destas ações ditas solidárias pelo Governo não passam de lobby de campanha onde ele usa o cumprimento de uma obrigação mínima para criar uma pseudo imagem de solidariedade.

  Antes de entendermos o que realmente é solidariedade, precisamos entender quais as Intenções por trás do ato. O que define uma ação é o interesse oculto por trás dela e no caso da verdadeira solidariedade, o único interesse é beneficiar o outro e não obter benefícios através do que foi feito. A espera de algo após ter dado alguma coisa denota uma "cobrança" que não deve ser feita em nome da solidariedade, tendo em vista que esta é um ato de amor e o amor não exige nada em troca daquilo que faz. Fato comum é obter-se a solidariedade alheia através da massificação de mensagens veiculada nas mídias utilizando a imagem de diversos personagens que ela própria tornou públicas. A exploração destes personagens os coloca na condição de "garotos propagandas" que emprestam suas imagens para coagir através do constrangimento aqueles que são fãs. 

  Movidos pela cegueira de uma paixão que não se explica, as pessoas doam as parcas economias que possuem porque seus ídolos gentilmente os dissuadiram a isso, mas toda esta solidariedade possui uma intenção: Criar e fortalecer a imagem de uma emissora voltada para o social, preocupada com a população não assistida, ou seja uma política midiática que tem dado certo e cujos doadores só tem acesso ao que é feito dos valores através das veiculações das próprias emissoras. Logicamente tudo que é doado sofre desconto do Governo, este que só subtrai, mas nada tem feito nem pelos serviços públicos essenciais. Fato que se o Governo fizesse a sua parte não haveria necessidade destas "Ações Solidárias".  O Imposto de Renda, lógico, morde a sua parcela e assim todos ficam felizes. Tira-se de quem não tem para quem não tem e as emissoras ficam como heroínas das doações que são feitas pelo povo.

  Procurando entender, nem toda boa ação tem boa intenção e quando não tem boa intenção não é solidária. Procurando assumir a postura de que quem dá com uma mão não estende a outra, muitos dizem que fazem suas doações sem informar o público. Então o que podemos presumir é que mais público do que as emissoras de televisão não existe, mas os slogans brilham quando suas programações são invadidas pelos pedidos de doação. É convencional no Brasil que quem mais tem, menos doa. Não é uma falha ter e dizer que dividiu com quem não tem, falha é ter e não dividir nada e mais falho ainda é dizer que divide sem ter feito isso.

  No Brasil a desigualdade social é gritante e a má distribuição de rendas é assustadora. Muitos ostentam nas emissoras os seus carrões enquanto seus fãs passam fome diante da televisão, mas eles não se importam com isso porque solidariedade não é algo para todos, apenas para aqueles que tem coração e sabem que para onde todos seguirão, ninguém levará coisa alguma. Acumula-se dinheiro, fama e poder para diante das suas zonas de conforto, discursarem diante das câmaras e microfones. o amor que nunca sentiram por aqueles que lhes põe o pão na mesa. Para ser solidário é preciso amar e amor é o que falta para acabar com o egoísmo deste mundo.


Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados e garantidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele, independente dos meios ou fins. A violação destes Direitos constitui-se crime e está passiva das punições legais cabíveis. 

Saiba mais do autor NESTE LINK
...........................................................................................................................................

  Citizenship | Understanding the Good deeds.


 They are seen as Solidarity Actions, but this is not always the truth. When an action, be it solidarity or not, has a price to pay, the concept of solidarity changes completely and does not fit in this action. In solidarity, as in love, there are no conditionals and any condition imposed for it to be exercised, this should never be understood as solidarity. To understand better how many actions are considered "solidarity" and in fact are not, just observe the political actions that he preaches in his slogan "Homeland Solidarity" and can not meet their social obligations. The disclosures of these so-called solidarity actions by the Government are nothing more than campaign lobbying where it uses the fulfillment of a minimum obligation to create a pseudo image of solidarity.

  Before we understand what solidarity really is, we need to understand what the Intentions behind the act are. What defines an action is the hidden interest behind it and in the case of true solidarity, the only interest is to benefit the other and not gain benefits through what has been done. Waiting for something after giving something denotes a "charge" that should not be made in the name of solidarity, since this is an act of love and love requires nothing in return for what it does. It is a common fact to obtain the solidarity of others through the massification of messages conveyed in the media using the image of several characters that she herself made public. The exploitation of these characters puts them in the condition of "advertising boys" who lend their images to coerce through the embarrassment those who are fans.

  Moved by the blindness of a passion that can not be explained, people donate the meager savings they have because their idols have gently dissuaded them from it, but all this solidarity has an intention: To create and strengthen the image of a socially concerned channel With the unassisted population, that is, a media policy that has worked well and whose donors only have access to what is made of the values ​​through the broadcasts of the broadcasters themselves. Of course everything that is donated is discounted from the Government, which only subtracts, but nothing has done even for the essential public services. The fact that if the Government did its part there would be no need for these "Solidary Actions". The Income Tax, of course, bites its share and so everyone is happy. It takes away from those who do not have for those who do not have and the stations are like heroines of the donations that are made by the people.

  Seeking to understand, not every good deed has good intention and when it does not have good intention it is not solidary. Trying to take the position that those who give with one hand do not extend the other, many say they make their donations without informing the public. So what we can assume is that more public than television broadcasters does not exist, but slogans shine when their schedules are invaded by donation requests. It is conventional in Brazil that who has more, less gives. It is not a fault to have and say that you have shared with those who do not, failure is to have and not divide anything and more flawed is still to say that you divide without having done it.

  In Brazil social inequality is stark and the poor distribution of incomes is frightening. Many boast their chargers while their fans go hungry in front of the television, but they do not care about it because solidarity is not something for everyone, only for those who have hearts and know that where everyone will go, no one will take anything. They accumulate money, fame, and power in front of their comfort zones, talking in front of cameras and microphones. The love they have never felt for those who put their bread on the table. To be supportive it is necessary to love and love is what is needed to end the egoism of this world.
Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved and guaranteed by the National and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights. No part of it may be copied, collated, reproduced or disseminated, regardless of its means or purpose. The violation of these Rights constitutes a crime and is passive of the applicable legal punishments.

Learn more about the author IN THIS LINK
.................................................. .................................................. .......................................

  La ciudadanía | La comprensión de las buenas acciones.

 Ellos son vistos como acciones de solidaridad, pero esto no es siempre la verdad. Cuando una acción, ya sea favorable o no, hay un precio a pagar, el concepto de solidaridad cambia por completo y no se obtiene la aptitud en esta acción. La solidaridad, así como en el amor, no hay condicional y cualquier condición impuesta para que pueda ser ejercido, nunca debe ser entendido como un apoyo. Para entender mejor el número de acciones se consideran "solidaridad" y de hecho no lo son, basta con ver las acciones políticas que predica en su lema "Solidaridad Patria" e incapaz de cumplir con sus obligaciones sociales. Las descripciones de estas denominadas acciones de solidaridad por parte del gobierno sólo son vestíbulo campaña donde se utiliza el cumplimiento de una obligación mínima para crear una imagen de pseudo solidaria.

  Antes de entender lo que realmente es la solidaridad, tenemos que entender cuáles son las intenciones detrás del acto. Lo que define una acción es el interés detrás de él y en el caso de verdadera solidaridad, el único interés es beneficiar a los demás y no reciben beneficios a través de lo que se ha hecho. Esperando algo después de dar algo denota una "carga" que no se debe hacer en el nombre de la solidaridad, dado que este es un acto de amor y el amor no exige nada a cambio de lo que haces. hecho común es conseguirse a la solidaridad de otras personas a través del mensaje transmitido en los medios de comunicación utilizando la imagen de varios personajes que ella misma hizo pública. La exploración de estos personajes les pone en un "ad chicos" que prestan sus imágenes para coaccionar a través de la vergüenza aquellos que son fans.

  Movido por la ceguera de una pasión que no se puede explicar, la gente donar los escasos ahorros que tienen como sus ídolos suavemente para disuadir a él, pero todo esto la solidaridad tiene una intención: Crear y fortalecer la imagen de una estación dedicada para el desarrollo social, preocupada con la población sin ayuda, o una política de medios que ha trabajado y cuya donantes sólo tienen acceso a lo que se hace de los valores a través de la colocación de los propios organismos de radiodifusión. Por supuesto que todo es donada se somete Gobierno descuento, esto sólo resta, pero no ha hecho nada o por los servicios públicos esenciales. Hecho de que el Gobierno hizo su parte no habría necesidad de que estas "acciones de solidaridad". impuesto sobre la renta, por supuesto, morder su parte y así todo el mundo es feliz. Sacar que tiene para los que no tienen y las emisoras son las heroínas de las donaciones que se hacen por la gente.

  Tratar de entender, no toda buena intención buena acción y cuando no hay buena intención no es de apoyo. Mirando la posición de que los que dan con una mano no se extiende a otro, muchos dicen que hacen sus donaciones sin informar al público. Entonces, ¿qué podemos suponer es que más audiencia que las estaciones de televisión allí, pero las consignas brillar cuando sus horarios son arrastradas por los pedidos de donación. Es convencional en Brasil quién más tiene menos dolor. No es un fracaso y tengo que decir que compartía con los que no lo tienen, el fracaso no está dividido y no tienen nada más defectuoso y sigue diciendo que divide sin haberlo hecho.

  En Brasil, la desigualdad social es cruda y la mala distribución del ingreso es de enormes proporciones. Muchos llevan las estaciones de sus coches grandes, mientras que sus seguidores están frente al hambre de la TV, pero no se preocupan por esto, porque la solidaridad no es algo para todos, sólo para aquellos que tienen corazón y sabe donde todo va a seguir, nadie va a dar nada. Se acumula el dinero, la fama y el ala-pívot de su zona de confort, se dirigen a nosotros antes de que las cámaras y los micrófonos. el amor que nunca se sintió por los que los puso pan en la mesa. Para ser de apoyo es necesario para el amor y el amor es lo que se necesita para acabar con el egoísmo de este mundo.
Escritor de texto y autor Tony Casanova. Todos los derechos reservados y garantizados por leyes nacionales y Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual. La copia, el collage, la reproducción o divulgación de cualquier tipo, de todos o parte de ella, independientemente de los medios o extremos. La violación de estos derechos constituye un delito y es pasivo las sanciones legales aplicables.

Más información este autor ENLACE

Postagens mais visitadas deste blog

Estrelas | O brilho de Irandhir Santos | Velho Chico

Seu nome é Irandhir Santos Pinto, mas recentemente ele passou a ser conhecido carinhosamente como "Bento", personagem do ator na novela Velho Chico da Rede Globo de Televisão que é exibida em Horário Nobre. Nascido em Pernambuco em 22 de Agosto de 1978, o ator com seus 38 anos vem dando um show de interpretação vivendo o personagem irmão de Santo dos Anjo, personagem do não menos talentoso Domingos Montagner.    Bento é um personagem que guarda o trauma da morte do pai e do Capitão Rosa, assassinados a mando do Coronel Saruê, um latifundiário temido na região por suas ações sempre violentas e egoístas. Irandhir entrou no personagem de tal maneira que em cena é impossível separar o ator em meio ás turbulências vividas por Bento. Mesmo já tendo trabalhado no elenco da Globo em atuações em A Pedra do Reino (2007),  Amores Roubados e Meu Pedacinho de Chão (2014), atuado em vários peças teatrais e em vários filmes que lhe renderam prêmios na sua área profissional, é possível dize…

Conto - Minha primeira vez com uma tímida.

Eu tinha 36 anos quando conheci Ana. Ela apesar de linda e muito simpática,era também tímida, pouco falante. Possuía um sorriso bonito, uma expressão jovial e uma pele clara que contrastava com seus olhos castanhos mel. Trabalhávamos juntos numa repartição pública, num convívio normal, sem muitas aproximações senão as do trabalho. Um dia me surpreendi quando a encontrei folheando a minha que ficara sob o bureau no dia anterior. Nela eu escrevia meus contos e poesias sempre que possível e quando a inspiração me visitava. Ao ser surpreendida ela envergonhou-se e ficou muito nervosa, quase saindo ás pressas da sala.
- Gostou? Perguntei-lhe.
- Sim - Respondeu-me a moça ruborizada.
- Pode levar se quiser, depois voce me devolve.
- Não, voce pode precisar! Perdoe-me por bisbilhotar suas coisas, mas a página estava aberta e eu resolvi ler, me desculpe.
- Calma Ana, não precisa desculpar-se, mas eu só te perdoarei se prometer que vai continuar a ler meus textos. Combinado?
- Tudo bem, mas me…

Android - Vulnerabilidade e falhas no Sistema (BroadAnywhere) - [Tony Casanova]

Desde que foi implantada a coqueluche dos Smartphones, Tablets e Iphones com Sistema Operacional Android que a adesão de novos usuários vem aumentando graças as redes sociais e as facilidades de acesso a conteúdos como fotos, e-mails e documentos. Óbvio que o SO Android agradou em cheio os internautas e o seu desenvolvedor a Google Corporation, que vem lucrando bastante com esta importante implementação na história da internet. A gigante Americana propiciou ao mundo acesso rápido e fácil ás informações e o compartilhamento delas, mas eis que surge um enorme problema que as autoridades de desenvolvimento estão enfrentando com o SO Android; a vulnerabilidade. Recentemente surgiu uma das maiores dores de cabeça que usuários e desenvolvedores enfrentam chamada BroadAnywhere, uma vulnerabilidade que segundo a Cheetah Mobile, uma das autoridades desenvolvedoras de softwares de segurança para Android, abre portas para ataques hackers em praticamente 99% dos dispositivos, mesmo os que estão a…